fbpx

Mercado de vendas diretas se fortalece como opção de trabalho em meio a crise

por tema Marketing de Relacionamento 13/04/2020

Comercialização de produtos é feita por meio de venda direta e marketing de rede.

A crise global ocasionada pela pandemia do Coronavírus-Covid 19 tem gerado diversas mudanças no mercado de trabalho. Neste contexto, atividades que podem ser realizadas remotamente, com auxílio da tecnologia, se fortalecem como oportunidade de renda para diversos empreendedores. É o caso do mercado de vendas diretas, pelo qual as comercializações são realizadas por meio do marketing de rede ou de relacionamento. Dessa forma, bens ou serviços são distribuídos por revendedores cadastrados a uma determinada empresa e plataforma. O lucro vem da venda desses produtos ou do recrutamento de novos vendedores.

“O objetivo deste formato de trabalho é distribuir renda, além de permitir empoderamento, capacitação e uma nova forma de empreender aos parceiros”, relata Matheus Morais, vice-presidente da Spigreen, empresa mato-grossense de tecnologia nutricional pioneira na produção de spirulina em grande escala no Brasil. A linha de produtos da empresa é focada em fortalecimento da saúde e da imunidade a partir do superalimento spirulina, e, por isso, torna-se um atrativo para consumidores e parceiros.

Segundo Morais, os credenciados à marca podem lucrar entre 20% a 30% do valor do produto vendido, e também obter rendimentos a partir da formação de sua própria rede de distribuidores. “Em um caso hipotético em que um distribuidor venda um produto por dia, ele pode chegar a uma renda de aproximadamente R$2,4 mil a partir dessa comercialização”, explica Morais.

Treinamento virtual

Todo o treinamento dos distribuidores é realizado por aulas online, assim como as reuniões. Apenas as convenções periódicas, que antes eram realizadas presencialmente, agora foram adaptadas para serem realizadas via plataformas digitais também. Os interessados recebem capacitação nas áreas de vendas, pessoas e informações sobre o portfólio de produtos. A partir do cadastro e treinamento, os empreendedores da marca têm acesso a uma loja virtual própria e podem construir sua base de clientes, com apoio da equipe de performance.

Benefícios para a saúde

Composta a partir de cianobactérias, a spirulina tem entre seus principais componentes a ficocianina, que, de acordo com diversas pesquisas científicas, exerce atividade modulatória do sistema imune. Além disso, o superalimento atua na redução de inflamações e melhora no controle da hipertensão. O bioativo é rico em proteínas, aminoácidos, ferro, zinco e vitaminas A, B, D e E.

Saiba mais em: https://spigreen.com.br/coronavirus-covid-19-uso-da-spirulina-fortalece-o-sistema-imunologico-e-contribui-para-prevenir-e-minimizar-os-efeitos-da-doenca/

2 Comentários
  1. Essa spirulina é cultivada no Brasil e em qual estado?

postar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Cart